Subscribe to RSS - Pintura

You are here

Fev 01
0

Maria Helena Vieira da Silva

A pintora Maria Helena Vieira da Silva morreu em 1992.
Arpard Szenes, pintor húngaro, ficou seduzido pelo seu trabalho.
Casaram-se em 1930 e a pintora perdeu a nacionalidade portuguesa pelo casamento.
Na altura da 2.ª Guerra Mundial, Vieira da Silva viu recusado o pedido de nacionalidade portuguesa pelo regime salazarista.

Faleceu em 6 do Março de 1992.

Nov 17
0

Roberto Matta

Faleceu nesta data, em 2002, o chileno Roberto Matta um dos maiores pintores do século XX. A sua fama ultrapassou fronteiras e as suas obras eram muito apreciadas nos Estados Unidos da América e na França. Foi considerado uma figura incontornável na Pintura quer na expressão abstracta, assim como na arte surrealista.

Faleceu em 23 do Novembro de 2002.

Nov 13
0

Nicolas Poussin

Faleceu nesta data, em 1665, Nicolas Poussin, um famoso pintor francês do século XVII. Foi um dos maiores representantes do classicismo, onde era valorizada a Antiguidade Clássica, em que a procura da pureza formal, o equilíbrio e o rigor foram os marcos dominantes.

Faleceu em 19 do Novembro de 1665.

Nov 11
0

Claude Monet

Nasceu nesta data, no ano de 1840, em Paris, Oscar-Claude Monet, o célebre pintor francês que se destacou entre os pintores impressionistas. O termo impressionismo surgiu devido a um dos primeiros quadros de Monet, "Impressão, nascer do sol". Do seu trabalho destacam-se algumas obras, como: Nenúfares (1904); Eglise de Vétheuil; Banhistas na Grenouillière; La Seine à Asnières; Femmes au jardin, entre outros.

Nasceu em 14 do Novembro de 1840.

Nov 10
0

Camille Pissarro

Faleceu nesta data, em 1903, Camille Pissarro, um pintor francês, co-fundador do impressionismo, que reflecte o movimento artístico que surgiu na pintura européia do século XIX.

Faleceu em 13 do Novembro de 1903.

Nov 02
0

Henri Matisse

Faleceu nesta data Henri-Émile-Benoît Matisse célebre pintor, desenhador e escultor francês. Matisse, foi considerado o pai do Fauvismo, uma corrente artística do início do século XX, que apontava para a simplificação das formas, o primado das cores, e para uma elevada redução do nível de graduação das cores utilizadas nas obras. O artista dizia que era necessário ter olhos de criança, olhar a obra sempre como se fosse a primeira vez.

Faleceu em 3 do Novembro de 1954.